Boulevard Olímpico, no Rio de Janeiro, por que visitar?

2
1706
Mural Etnias, do artista Kobra, no Boulevard Olímpico, Rio de Janeiro

Inaugurado em 2016, como parte da preparação do Rio de Janeiro para as Olimpíadas, o Boulevard Olímpico se tornou ponto de encontro não só de turistas, mas também de moradores, que aos finais de semana lotam o lugar!

Está localizado na zona portuária da cidade, que foi toda revitalizada pelo projeto Porto Maravilha. São mais ou menos 3,5 km de extensão entre a Praça XV e o AquaRio, de onde é possível curtir a paisagem da Baía da Guanabara, emoldurada pela Ponte Rio Niterói, além de atrações como o Museu do Amanhã e os murais do artista Kobra.

A curiosidade aqui é que o nome Boulevard Olímpico era para ser usado apenas durante a função das Olimpíadas, mas pegou tanto que ficou! Em detrimento dos nomes oficiais que são Porto Maravilha Orla Conde.

Eu curto mais o nome extra-oficial! E vocês? 🙂

Museu do Amanhã, uma das atrações do Boulevard Olímpico.
Museu do Amanhã e sua arquitetura futurista.

Por estar “coladinho” ao centro da cidade, o Boulevard Olímpico ainda oferece um bônus, que é o de conhecer construções centenárias que fizeram e fazem, parte da história do Brasil.

Mas se isso ainda não te inspirou a querer conhecer, vou falar aqui sobre mais algumas coisas que, com certeza, irão atiçar tua curiosidade! Vamos lá?!

Museu do Amanhã visto do avião, quando estava aterrissando no Santos Dumont.
Vista aérea do Museu do Amanhã, Boulevard Olímpico e ao fundo o Corcovado.

Boulevard Olímpico, como chegar

Para ir ao Centro do Rio e ao Boulevard Olímpico o ideal é com transporte público e com transporte por aplicativos. Táxi eu acho caro e para ir de carro, é bem complicado no quesito “estacionamento” pois os locais pagos são bem caros e deixar na rua nem pensar!

Dai que eu digo: vá de transporte coletivo! Para quem vem da Zona Norte de metrô, desça na estação Uruguaiana e caminhe até a Av. Presidente Vargas na Candelária, a partir dali você pode seguir de VLT ou a pé, pelo Boulevard. 

Se você estiver na Zona Sul, vá de metrô até a estação Cinelândia. Ao chegar lá saia pelo acesso C (Pedro Lessa) e logo você verá a estação Cinelândia do VLT, que fica a direita. Pegue o primeiro VLT que passar, todos vão te levar ao seu destino!

ATENÇÃO

Mas fique atento pois não há integração tarifária entre metrô e VLT. Sendo assim você vai pagar duas passagens para fazer a viagem completa! O metrô atualmente custa R$ 4,30 e o VLT, R$ 3,80.

Eu achei mais vantagem comprar um cartão RioCard Bilhete Único que me permite carregar com valores a partir de R$ 5,00 e pode ser usado no metrô, VLT, BRT, trem e barca. Isso facilita muito a vida da gente! Ah o custo do cartão é de R$ 3,00.

Mais dicas: o cartão RioCard Bilhete Único é individual e não pode ser compartilhado. E ele precisa ser validado no VLT!

Não existem roletas nos VLTs por isso ao entrar o passageiro deve validar o cartão nas máquinas que ficam junto das portas. Posicione o seu RioCard abaixo da tela e espere aparecer a mensagem que a passagem foi validada.

MULTA – Não esqueça de fazer isso pois a multa pode ser bem salgada caso você seja pego por um fiscal! Eles embarcam com freqüência nos VLTs e testam os cartões de todos os passageiros verificando se estão validados. Atualmente a multa é de R$ 170. Pesado né?

Boulevard Olímpico, por que conhecer?

1) Ele tem uma vista espetacular

Como falei antes, o Boulevard Olímpico tem uma vista linda da Baía da Guanabara. Mas nem sempre foi assim, pois antes passava por ali o Elevado da Perimetral, um baita viaduto que encobria todo o espaço.

Com a sua implosão total e as obras de revitalização o espaço, batizado de Orla Conde, em homenagem ao ex-prefeito Luiz Paulo Conde, ganhou vida nova. 

Hoje é possível fazer uma bela caminhada ou pedalada, do Aterro do Flamengo até o Armazém 8 indo pelo calçadão, que é cercado por jardins, praças e banquinhos, para quem quiser sentar e apreciar a paisagem!

Orla do Conde, em homenagem a Luiz Paulo Conde, ex prefeito da cidade.
Ponte Rio Niterói, vista da Orla do Conde.
Orla do Conde, Rio de Janeiro
Eu fui dar um rolê, cabelos ao vento, pela Orla Conde!
2) A Street Art toma conta do espaço!

Artistas como Kobra, Rita Wainer e KajaMan, para citar alguns, deixaram sua marca no imenso corredor artístico (são quase 2 km de extensão) composto pelas paredes dos armazéns que ficam no Boulevard Olímpico. A ideia é que o espaço se torne a maior galeria de arte a céu aberto do mundo. 

São muitas obras legais, mas a que mais chama a atenção e atrai curiosos e admiradores é o Mural Etnias, do paulista Eduardo Kobra. A pintura, que celebra a união de todos os povos do planeta, foi parar no livro dos recordes, como o maior mural de grafite do mundo. As pinturas coloridas e em 3D, são realmente impressionantes.

Mural da artista Rita Wainer
Mural “Saudade é Amor”, da artista plástica Rita Wainer.
Um dos murais de grafite do Boulevard Olímpico
Momentos captados pela fotografia, ao vivo e no grafite!
3) Tem museus e galerias de arte

O Museu do Amanhã, o MAR – Museu de Arte do Rio e o AquaRio estão bem ali, no Boulevard Olímpico, fazendo parte da Zona Portuária, separados apenas por alguns passos!

Além disso o acesso ao Museu Histórico Nacional, ao Paço Imperial, a Casa França-Brasil e ao CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil ficou mais fácil, pois todos estão no entorno. 😉

AquaRio

Acomodado em uma área de 26 mil m², o AquaRio, maior aquário da América do Sul, possui tanques que abrigam mais de 350 espécies de peixes e invertebrados. É diversão para a família toda! Para mais informações e valores de ingressos, acesse o site.

AquaRio, o maior aquário marinho da América do Sul

Museu do Amanhã

O Museu do Amanhã, projeto do aclamado arquiteto espanhol Santiago Calatrava, responsável por inúmeras construções mundo afora, foi construído no Píer Mauá. Em um local onde reinava o caos e dificilmente alguém frequentava, hoje suas formas modernas tomam conta do horizonte. 

Seus curadores o consideram um museu de ciências diferente, que através de suas exposições busca criar perspectivas a partir da sustentabilidade e da convivência. Acesse para ver horários e ingressos.

Museu do Amanhã, Rio de Janeiro.
As formas do Museu do Amanhã me lembram um Dinossauro!!
MAR – Museu de Arte do Rio

Instalado na Praça Mauá, em dois prédios interligados: o Palacete Dom João VI, estilo eclético e o edifício vizinho, de estilo modernista (originalmente era um terminal rodoviário), o Museu de Arte do Rio oferece oito salas de exposições, espaços de convivência e ainda a Escola do Olhar.

Uma enorme passarela com uma cobertura que lembra as ondas do mar liga os prédios, que juntos somam mais de 15 mil m² de muita arte e cultura. Uma dica legal é que às terças-feiras o MAR é aberto ao público gratuitamente! Saiba mais sobre horários e ingressos.

MAR - Museu de Arte do Rio, Boulevard Olímpico.
Paisagem urbana no entorno do Boulevard Olímpico
4) Está próximo do centro histórico da cidade

Eu falei lá em cima e repito. Visitar o Boulevard Olímpico te dá o bônus de poder esticar e conhecer ruas e prédios importantes para a história da cidade e do Brasil. 

Tem a Igreja da Candelária, a deliciosa Confeitaria Colombo, a Rua do Ouvidor, o Centro Cultural Banco do Brasil entre muitas outras edificações.

Igreja da Candelária, está próxima ao Boulevard Olímpico, no Rio de Janeiro.
A primeira Pira Olímpica Pública, foi incorporada a paisagem e ficou como um monumento dos Jogos!
Confeitaria Colombo, é uma das atrações próximo ao Boulevard Olímpico.
Entrada da Confeitaria Colombo, que fica no CCBB.
Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro
Apreciando as formas centenárias do prédio do CCBB. Projeto do arquiteto da Casa Imperial, inaugurado em 1906.
5) Tem programação intensa de eventos

O Boulevard Olímpico nasceu com o objetivo de entreter os visitantes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos da Rio2016, mas não imaginava que se tornaria queridinho de todos depois que o evento passasse. E assim foi!

Tanto que hoje ele segue firme como palco de diversos eventos. Desde gastronomia, até artes plásticas e dança, têm passado por lá. Dos mais conhecidos e recorrentes temos:

  • Semana Design Rio: exposição de trabalhos de designers, arquitetos e decoradores
  • Rio Gastronomia: um dos maiores eventos de gastronomia do Brasil, oferece desde aulas com chefs renomados, até degustações diversas de produtos que vêm do interior. Além de restaurantes, bares e food trucks, que ficam servindo pratos deliciosos. Tudo isso embalado por shows nacionais.
  • ArtRio: acontece desde 2011 no Píer Mauá, reunindo as principais galerias de arte do Brasil e do mundo
  • Reveillon: o espaço também faz parte do circuito de locais para passar a virada do ano na cidade
CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil
Nau dos Descobrimentos, réplica da caravela que trouxe os portugueses para o Brasil.
Nau dos Descobrimentos, barco de visitação para conhecer como os portugueses chegaram aqui ao Brasil!

Gostaram do passeio? Ficaram curiosos pra conhecer ou já foram até lá? Me contem! Deixem nos comentários. Ahh aproveitem e leiam mais sobre o Rio de Janeiro.


Passeando pelo Boulevard Olímpico, no Rio de Janeiro

Redes Sociais

—> Curta e compartilhe os posts no Facebook seguindo a Fanpage do Casa de Doda

—> Siga o @casadedoda no Instagram e marque suas fotos com a Hashtag #casadedodatrips 😉


PLANEJE SUA VIAGEM

Reservando sua viagem com os parceiros do Casa de Dodaatravés dos links abaixo, além de garantir bons preços, o blog ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. Apenas contribui para que sigamos dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar!

+HOSPEDAGEM
Encontre as melhores ofertas no Booking, site parceiro do blog desde 2016. E fique atento, pois muitos hotéis oferecem cancelamento gratuito!

+ALUGUEL DE CARRO
Pesquise na RentCars os melhores preços, em reais, para a sua locação. Sem cobrança de IOF e pagamento parcelado no Cartão.

+SEGURO DE VIAGEM
Faça o seu seguro com a Real Seguro Viagem, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços. E você pode pagar em até 12x sem juros no Cartão.  

+INGRESSOS de atrações, passeios e transfer’s: Civitatis e TourOn.

2 COMENTÁRIOS

  1. Olááá! Muito bom o seu post sobre o Boulevard Olímpico. Super completo, parabéns! Confesso que eu prefiro o nome original (Orla Conde), massss tudo bem. Pode ser capaz de falarmos Orla Conde e as pessoas não saberem onde é, he he he…
    E ler que o MAR está onde havia um terminal rodoviário me fez voltar no tempo. Peguei muito ônibus ali para voltar da escola!!!!
    Parabéns mais uma vez.
    Um super beijo,
    Carolina

    • Oi Carol! Que bom que gostou. Foi muito bom o passeio pela Orla Conde (!!) a cia ajudou muito também! Espero em breve estar pelo Rio de novo, para poder fazer alguns tours com uma super Guia de Turismo que conheci. Obrigada pelo comentário, beijossss

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.