La Chascona, o refúgio de Pablo Neruda e Matilde Urritia

0
114
La Chascona Santiago

Para quem aprecia poesia, lindas histórias de amor e uma boa dose de cultura, uma visita a Casa Museu La Chascona, em Santiago do Chile é quase obrigatória!

Refúgio do poeta chileno Pablo Neruda e sua terceira mulher, Matilde Urrutia, a casa em formato de barco é uma das três casas de Neruda no Chile. As outras duas são La Sebastiana em Valparaíso e Isla Negra, na ilha de mesmo nome.

+Leia mais sobre Santiago do Chile

Santiago do Chile Museo La Chascona

Pablo Neruda, um dos meus poetas preferidos

O chileno Ricardo Eliécer Neftali Reyes Basoalto nasceu na cidade de Parral, na região de Maule, em 1904. Era adolescente quando começou a publicar seus primeiros poemas. Alguns anos depois adota o pseudônimo de Pablo Neruda, uma homenagem ao poeta checo Jan Neruda e vive sua consagração como um dos maiores poetas de todos os tempos.

No inicio dos anos 1930 começa a carreira diplomática e se casa com sua primeira mulher, Maria Antonieta Hagenaar. Foi cônsul do Chile na Espanha e no México. Seu segundo casamento é com a pintora argentina Delia del Carril. É nessa época que conhece Matilde Urrutia, por quem se apaixona e com quem vive um tórrido romance!

Para dar vazão ao envolvimento secreto com Matilde, constrói uma casa para a amante. Nascia ai a icônica casa barco, La Chascona. Não demorou muito para que Neruda e Matilde saíssem da clandestinidade. Quando o poeta se separa, eles oficializam a relação e vivem juntos até sua morte, em setembro de 1973.

Seus poemas foram traduzidos para dezenas de línguas e ele foi considerado o maior poeta de língua castelhana do século XX. Pablo Neruda ganhou o prêmio Nobel de literatura em 1971. É por tudo isso e mais um pouco, que adoro suas poesias. 🙂

La Chascona

Localizada no charmoso bairro Bellavista, em Santiago, La Chascona fica aos pés do Cerro San Cristóbal (importante ponto turístico da cidade). Tanto que depois de visitar a casa, estique até o Cerro, sem medo de ser feliz!

La Chascona Bairro Bellavista
Vista da praça em frente a rua que leva até La Chascona. O bairro é uma gracinha!

Neruda comprou o terreno em 1952 e a construção da casa teve início em 1953 por Matilde Urritia. O nome da casa aliás, é uma homenagem a ela, em função de seus cabelos revoltos! La Chascona é uma palavra quechua e significa descabelada! Eu adorei!

La Chascona Matilde Urrutia
Retrato de Matilde, com seus cabelos revoltos. É possível ver o rosto do poeta em meio a cabeleira!

A construção da casa é um caso a parte por sinal! Neruda sempre amou o mar e por isso a casa foi erguida como se fosse um barco. Seu piso é inclinado, suas janelas são pequenas, como escotilhas e o pé direito é baixo. E tudo foi sendo feito ao gosto do poeta e de sua mulher. Eles participaram diretamente dando pitacos e acrescentando espaços e novos cômodos.

La Chascona

Neruda e Matilde gostavam de ter a casa cheia, recebiam muitos amigos, dai uma sala de jantar era essencial. Um bar com vista para o jardim e uma sala com amplas janelas, que lhe davam vista para o Andes e Santiago, também eram necessárias além da possibilidade de acompanhar o movimento do Sol! O responsável por desenhá-la, a partir dos sonhos do poeta e sua mulher, foi o arquiteto catalão Germán Rodrigues Arias.

La Chascona

La Chascona
Amplas janelas dão vista para a sala. Ao fundo o curioso prédio em formato de celular!

La Chascona

O resultado é uma construção única, cheia de estilo, história, poesia, amor, fincada no meio de um dos bairros mais fofos da cidade! A casa ainda abriga a biblioteca pessoal de Neruda, objetos pessoais e uma coleção bem interessante de esculturas africanas.

La Chascona Biblioteca

Se eu gostei de visitar La Chascona? Eu amei! Foi incrível poder estar no lugar onde Neruda viveu momentos felizes, de inspiração, onde discutiu política e onde viveu seus últimos momentos também. Durante a ditadura chilena La Chascona foi vandalizada pelos militares, mas Matilde insistiu que o corpo do poeta fosse velado nela. Enquanto viveu, ela trabalhou para reconstruir tudo. Matilde faleceu em 1985.

La Chascona

Casa Museu La Chascona: Calle Fernando Márquez de La Plata, 0192. Providencia – Bellavista. Fones: (56-2) 2777 8741/ 27378712. Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Os ingressos custam 7.000 pesos chilenos inteira e 2.500 pesos meia entrada. ATENÇÃO: Por isso se você tiver carteirinha de estudante válida, pode levar, apresentar com um documento, que vai pagar meia. Eu paguei!!! Mais informações: Fundação Pablo Neruda

Gostaram do passeio? Espero que sim! Já conhecem La Chascona ou as outras casas de Neruda? Me contem! Agora fiquei querendo conhecer todas! 🙂

“Se nada nos salva da morte, pelo menos que o amor nos salve da vida”. Pablo Neruda

La Chascona

 


PLANEJE SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARROpesquise na RentCars os melhores preços, sem cobrança de IOF e pagamento em até 12x nos Cartões Visa e Mastercard.

SEGURO DE VIAGEMReal Seguro Viagem, em até 6x sem juros nos Cartões de Crédito.  

COMPRE SUA MOEDA ESTRANGEIRACotação Câmbio Turismo. Tendo a comodidade de poder retirar seu dinheiro nas lojas dos Aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. 

DICAS DE HOSPEDAGEM: Procure no Booking e encontre as melhores ofertas! 

INGRESSOS DE ATRAÇÕES, PASSEIOS, TRANSFER’S é com a TourOn.


**Gostou? Faça um comentário, inscreva-se para receber nossas dicas, curta a página! Cada que vez que você interage com o Casa de Doda, ele cresce e alcança mais viajantes. Obrigada!

*** O Casa de Doda é afiliado da TourOn, Real Seguro Viagem, RentCars, Cotação Câmbio, Booking.com e recebe uma comissão pelas reservas feitas através dos links aqui no blog. O leitor não paga nada a mais ao fazer a sua reserva pelo nosso link. Apenas contribui para que o Casa de Doda siga dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar, fazendo suas reservas aqui pelo bloguinho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.