Febre amarela, o que fazer? Vacina, sintomas e cuidados necessários

0
367
Febre Amarela
Imagem: Site Ministério da Saúde

Quando foi a última vez que vocês ouviram falar em Febre Amarela, antes dela voltar a ser notícia em 2017? Faz tempo né?!

Conforme o Ministério da Saúde entre os anos de 1980 a 2004, foram confirmados 662 casos de febre amarela silvestre no Brasil. Na ocasião 339 óbitos foram registrados. Depois disso, entre o final de 2007 e início de 2008 alguns casos também ocorreram. Um intervalo de oito anos foi aberto e, entre dezembro de 2016 e fevereiro de 2017, voltou a ser notícia, quando 900 casos foram registrados. A partir dai o assunto tomou as pautas de todos os jornais se intensificando no fim ano passado, quando virou evidência em função de casos de mortes registradas em São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal.

Isso tudo motivou uma corrida aos postos de saúde e vacinação, não só nos estados mais afetados, mas também no Espírito Santo, Bahia, Tocantins, Santa Catarina e zonas rurais de diversos outros estados fazendo com que a vacina da febre amarela tivesse de ser fracionada para atender a demanda crescente. Mas esse fracionamento garante mesmo a imunização? O Ministério da Saúde afirma que sim. Por isso saiba agora sobre o que é a doença, a vacinação e, quem pode e não pode receber a vacina!

Febre Amarela
Imagem – Site Fiocruz – Bernardo Portella

O que é a febre amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa aguda, que tem curta duração (no máximo 10 dias), sua gravidade varia e sua causa é o Vírus RNA, transmitido por mosquitos silvestres infectados (Sabethes e Haemagogus). Sua ocorrência se dá principalmente na América do Sul e na África. MAS ATENÇÃO: a transmissão não ocorre de pessoa para pessoa, nem por macacos para pessoas. O que acontece é que os mosquitos picam os macacos que acabam morrendo. A morte desses animais, inclusive, é um sinalizador de que o vírus está ocorrendo naquela localidade, mas eles não o transmitem. Por isso é um erro matar os bichos como vem ocorrendo em algumas cidades.

Febre Amarela mosquito transmissor
Imagem: Site Fio Cruz – Josué Damacena

Sintomas

Seus sintomas são febre, dor de cabeça, calafrios, dores no corpo, vômito, náuseas, icterícia (quando os olhos e a pela ficam amareladas), insuficiência renal e em casos extremos hemorragias (no nariz, estômago, intestino, urina e mucosas).

A quem se destina a vacina e quem não deve tomá-la?

A vacina é destinada a todas as pessoas a partir de 09 meses até os 60 anos de idade, que não tenham contraindicações médicas formais ao seu uso. Uma vez vacinada a pessoa tem dez anos de proteção e o seu reforço durante este período não é necessário, nem recomendado, a não ser que se more em área de risco referenciada pelos órgãos de saúde.

Quem não pode tomar a vacina da febre amarela

Grávidas ou mulheres que estejam amamentando, crianças menores de 06 meses, pessoas que tomam alguma medicação que interfira no efeito da vacina, pessoas com imunodeficiências como: HIV, lúpus, neoplasia ou que estão se submetendo a tratamento quimioterápico, quem usa corticoide ou tem alergia a ovo (pois o imunizante da vacina possui em sua composição a proteína do ovo). Mas em cada um desses casos a avaliação de um especialista é necessária e importante.

O que é a dose fracionada da vacina?

O frasco da vacina possui 0,5 ml do liquido imunizante. Dai quando se fala em vacina fracionada o que acontece é que esse frasco será dividido em 5 doses, cabendo 0,1 ml a cada pessoa que for vacinada. Conforme o Ministério da Saúde a vacina fracionada é capaz de garantir proteção de até 8 anos para o vírus da febre amarela, sendo necessária uma nova dose só 9 anos depois. A diferença entre a fracionada e a dose total é que a total permite uma imunidade duradoura, sem precisar se revacinar.

Febre Amarela
Imagem: Site Fiocruz – Bernardo Portella

Vou viajar e preciso me vacinar. Qual o tempo de antecedência?

Como qualquer vacina, a da febre amarela também precisa alguns dias para imunizar completamente o organismo, sendo assim o Ministério da Saúde recomenda que a vacinação para quem vai para alguma área de risco (áreas de ecoturismo e locais com matas e rios) aconteça com pelo menos 10 dias de antecedência, pois é o tempo necessário para que a vacina faça seu efeito. E sempre lembrem de usar repelentes tanto para o corpo como os de casa, aqui também vale as famosas telinhas nas janelas! Isso vale tanto para quem vai viajar como para os moradores das áreas de risco. Prevenção é tudo!

Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, o Ministério da Saúde disponibiliza o Portal do Viajante – para garantir que você tenha uma viagem tranquila tanto no Brasil quanto no exterior. Além disso a OMS tem uma listagem (em inglês) dos países onde é obrigatório entrar vacinado, veja ela aqui.

Restou alguma dúvida? Acesse o Portal do Ministério da Saúde para Febre Amarela. Ou o Especial Febre Amarela, produzido pela Fiocruz – Fundação Osvaldo Cruz.

Febre Amarela

Com este post espero ter ajudado a informar. E vocês? Estão com as vacinas em dia? Moram ou vão para áreas onde será necessária a vacina da febre amarela? Acessem os canais do Ministério da Saúde e vejam onde a vacina está sendo distribuída e fiquem seguros. 😉

>>> Em Blumenau a vacina pode ser encontrada nos AGs – Ambulatórios Gerais dos bairros da Velha, Escola Agrícola, Centro, Badenfurt, Fortaleza, Itoupava Central e Garcia. No período das 08h às 13h.

Febre Amarela

Fonte das informações: Portal do Ministério da Saúde e Agência Fiocruz (consultados em 29/01/2018).


PLANEJE SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARROpesquise na RentCars os melhores preços, sem cobrança de IOF e pagamento em até 12x nos Cartões Visa e Mastercard.

SEGURO DE VIAGEMReal Seguro Viagem, em até 6x sem juros nos Cartões de Crédito.  

COMPRE SUA MOEDA ESTRANGEIRACotação Câmbio Turismo. Tendo a comodidade de poder retirar seu dinheiro nas lojas dos Aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. 

DICAS DE HOSPEDAGEM: Procure no Booking e encontre as melhores ofertas! Ou compare o preço de seus hotel pelo Trivago.

INGRESSOS DE ATRAÇÕES, PASSEIOS, TRANSFER’S é com a TourOn.


**Gostou? Faça um comentário, inscreva-se para receber nossas dicas, curta a página! Cada que vez que você interage com o Casa de Doda, ele cresce e alcança mais viajantes. Obrigada!

*** O Casa de Doda é afiliado da TourOn, Real Seguro Viagem, RentCars, Cotação Câmbio, Booking.com, Trivago e recebe uma comissão pelas reservas feitas através dos links aqui no blog. O leitor não paga nada a mais ao fazer a sua reserva pelo nosso link. Apenas contribui para que o Casa de Doda siga dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar, fazendo suas reservas aqui pelo bloguinho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.