Mosteiro de São Bento e seu Canto Gregoriano, em SP

0
278
Mosteiro de São Bento

Com mais de 4 séculos de história o Mosteiro de São Bento é um dos símbolos religiosos da cidade de São Paulo. Considerado um dos pontos do “triângulo histórico“, junto com a Praça da Sé e o Largo de São Francisco, o Mosteiro, localizado no Largo de São Bento, ajudou a formar a cidade que se originou de um povoado e, posteriormente, tornou-se a “Vila de São Paulo de Piratininga“.

Mosteiro de São Bento SP

Mosteiro de São Bento, sua história

Inicialmente construído como uma capela, no local onde era a taba do índio Tibiriçá, considerado o primeiro cidadão de São Paulo, em 1600 essas terras seriam doadas pela Câmara de São Paulo aos monges e em 1650 é lançada a pedra fundamental para a construção de um novo prédio. As imagens de São Bento e Santa Escolástica, que ficam no altar, são de autoria de Frei Agostinho de Jesus e também datam desta época. Conforme relatos do próprio Mosteiro, o terreno cedido era o mais bem localizado, depois daquele do Pateo do Collegio, pertencente aos jesuítas, ficando exatamente no alto da elevação entre as águas dos rios Anhangabaú e Tamanduateí, abrangendo de um lado até o Vale do Anhangabaú e do outro, até a atual rua 25 de Março.

Em 1900 a direção do mosteiro inicia um novo período na história de São Paulo, fundando em 1903, o Colégio de São Bento, em 1908 a Faculdade de Filosofia, a primeira do Brasil e em 1911, instalando a primeira Abadia de Monjas Beneditinas da América do Sul, o Mosteiro de Santa Maria. Em 1910 tem início a construção de uma nova Abadia,  em estilo neorromânico, projeto do arquiteto alemão Richard Berndl e quatro anos mais tarde, em 1914, estava completo o conjunto beneditino que conhecemos hoje: a Basílica de Nossa Senhora da Assunção, o Mosteiro e o Colégio de São Bento, considerados marco histórico, cultural e turístico da cidade de São Paulo.

Mosteiro de São Bento SP

Órgão e Relógio

Com mais de 6 mil tubos o órgão foi inaugurado em 1954 e suas peças vieram da Alemanha. Assim como seu relógio que foi instalado na torre em 1921. Já foi considerado o mais preciso de São Paulo até que apareceram os relógios de quartzo! Tem um carrilhão com seis sinos que tocam nas horas cheias e frações. 

Canto Gregoriano

Atualmente 45 monges vivem no Mosteiro, dedicando suas vidas à tradição beneditina do “ora et labora“, “ora e trabalha” mais o “et legere“, “e leia”. O coro para o ofício monástico é rezado todos os dias pelos monges, assim como a missa em rito romano, ambos acompanhados pelo canto gregoriano. Talvez por isso a missa no Mosteiro tenha se tornado uma das mais concorridas! Mas ter o privilégio de ouvir os monges entoando seus cantos é para aqueles que gostam de acordar cedo. Aos domingos a missa com começa às 10h, mas se deixar para chegar na hora, talvez fique de pé. Nos dias de semana a missa com canto é às 07h e aos sábados às 06h.

Independente do dia escolhido, fique atento, observe e aprecie, pois a cerimônia começa com a entrada dos monges que vêm desde a clausura no mosteiro, cantando. O ambiente + os cantos + os monges = estamos na Idade Média! Assim que a missa termina, os monges se retiram, fechando atrás de si a pesada porta e nos deixando do outro lado envoltos na curiosidade do mistério que permeia esses ambientes.

Padaria dos Monges e o Brunch no Mosteiro

Aproveitando que já estarão no Mosteiro, deem uma passadinha na padaria dos monges, que produzem pães de todos os tipos, com preços variando de R$ 15,00 a R$ 50,00. Os preços podem parecer salgados, mas o sabor é inigualável, creia! Para quem não pode ir até a padaria, uma boa pedida é a Loja Online.

Outra “atração” é o Brunch no Mosteiro, que acontece todo último domingo do mês, após a missa das 10h. Um bônus é que após o brunch uma visita guiada levas os comensais para conhecerem os recantos do Mosteiro, exceto a clausura, claro.  Aqui vocês têm mais informações sobre o evento. Eu ainda não fui, mas já está na lista. Imagina ouvir os monges cantando, depois degustar delícias feitas por eles e ainda visitar suas cercanias. Eu quero isso d’já !!!

Mosteiro de São Bento Pinterest

COMO CHEGAR: para chegar ao Mosteiro não é difícil. Mas a sugestão é ir de metrô, pois estacionar no centro é um caos e os estacionamentos pagos são caríssimos! Então, se optar pelo metrô, basta descer na estação São Bento – Linha 1-Azul.

Gostaram do passeio? Já conhecem São Paulo e já foram ao Mosteiro? Ainda não? Pois deixem seus comentários e vamos trocar informações! 😉


PLANEJE SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARROpesquise na RentCars os melhores preços, sem cobrança de IOF e pagamento em até 12x nos Cartões Visa e Mastercard.

SEGURO DE VIAGEMReal Seguro Viagem, em até 6x sem juros nos Cartões de Crédito.  

COMPRE SUA MOEDA ESTRANGEIRACotação Câmbio Turismo. Tendo a comodidade de poder retirar seu dinheiro nas lojas dos Aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. 

DICAS DE HOSPEDAGEM: Procure no Booking e encontre as melhores ofertas! Ou compare o preço de seus hotel pelo Trivago.

INGRESSOS DE ATRAÇÕES, PASSEIOS, TRANSFER’S é com a TourOn.


**Gostou? Faça um comentário, inscreva-se para receber nossas dicas, curta a página! Cada que vez que você interage com o Casa de Doda, ele cresce e alcança mais viajantes. Obrigada!

*** O Casa de Doda é afiliado da TourOn, Real Seguro Viagem, RentCars, Cotação Câmbio, Booking.com, Trivago e recebe uma comissão pelas reservas feitas através dos links aqui no blog. O leitor não paga nada a mais ao fazer a sua reserva pelo nosso link. Apenas contribui para que o Casa de Doda siga dando boas dicas por aqui! Muito obrigada por nos prestigiar, fazendo suas reservas aqui pelo bloguinho!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui